UM EXEMPLO PARA PERNAMBUCO…

Ter um filho ou neto aprovado em um excelente lugar de uma universidade ou faculdade já é orgulho para toda a família. Um sonho de consumo que traz alegrias e felicidades para todos.

Agora imagina se esse mesmo estudante alcança ótimas colocações na Escola de Aprendizes de Marinheiro (EAMPE), na Academia da Força Aérea (AFA), na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEX), na Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP – 1º Lugar em Engenharia de Produção), na Universidade de São Paulo (USP – 1ª Fase em Engenharia Mecatrônica), e ser um dos melhores colocados em Medicina da Universidade de Pernambuco (UPE)? A euforia é geral.

Esse feito, reservado a poucos, foi do estudante Luís Fillipe Monteiro Torres, que depois de ter passado em primeiro lugar no vestibular de Engenharia na UNICAP, e de ter feito, essa semana, a última prova para Engenharia na USP, foi aprovado em medicina na UPE. Luís Filipe é neto de Airton Monteiro e Sônia Rodrigues, e tem fortes ligações com Pesqueira.

A família está orgulhosa e acha que o estudante seguirá inicialmente a medicina, com apenas 17 anos. “Imagine um avô orgulhoso, com o coração estourando de felicidade. Ele Estava aqui em casa agora no Natal e a gente conversou muito sobre seus planos de futuro. Dá vontade de abrir a janela e gritar: Sou Felizzzzzz”, desabafa Airton.

Tranquilão, estudioso e determinado. É assim que podemos descrever Luís Fillipe. “Tô muito feliz”, resumiu ele, sem prepotência. Aos que já o tratam como um prodígio, Luís Fillipe deixa uma marca comum dos gênios: um singelo sorriso de alegria e sentimento do dever cumprido.
Na família, uma frase foi bastante repetida, com razão: “É extremamente gratificante ver seus sonhos sendo realizados e ter a oportunidade de escolher qual delas você vai, de fato, segurar”.

PEDRO BENIGNO / FLÁVIO J JARDIM.

IMG-20180111-WA0031

SEM COMENTÁRIO